Leia e revise a documentação do Automation Anywhere

Automation Anywhere Automation 360

Fechar conteúdo

Contents (Conteúdo)

Abrir conteúdo

Analisar relatórios

  • Atualizado: 7/05/2021
    • Automation 360 v.x
    • Migrar
    • Espaço de trabalho RPA

Analisar relatórios

Você pode analisar o relatório gerado pelo Bot Scanner para obter informações sobre bots o (TaskBots e MetaBots) que pode ser migrado.

O Bot Scanner fornece as seguintes informações importantes sobre botso :
  • Número bots de analisados
  • Número e porcentagem bots de que você pode e não pode migrar para Automation 360
  • Comandos e variáveis usados no bots e a frequência de uso do
  • Motivos pelos quais bots o não pode ser migrado no momento e a frequência dessas ocorrências
  • Ações exigidas pelos usuários após a migração devido a alterações no comportamento dos comandos
Importante: Automation 360 é atualizado com frequência para atingir 100% de equivalência funcional com Enterprise 10 Enterprise 11 versões or. A porcentagem botsde comandos e variáveis do , que são suportados para migração no Automation 360 aumentará até atingir 100% nas próximas versões. Ou seja, para cada função que você faz no Enterprise 10 ou Enterprise 11no , um recurso equivalente está Automation 360no .

A maioria Enterprise 10 Enterprise 11 dos recursos ou está disponível como está; no entanto, alguns recursos são implementados de forma diferente para suportar operações da Web (sem um cliente). Para esses recursos, é necessário alterar a forma bots como são escritos.

O Bot Scanner foi concebido para digitalizar bots (TaskBots e MetaBots) criados com Enterprise 10 Enterprise 11 as versões e do Enterprise Client. A contagem total de arquivos inclui o número de arquivos que foram ignorados e não verificados.

Os relatórios estão disponíveis no local de saída especificado no campo Selecionar pasta de destino na caixa de diálogo Automation Anywhere Bot Scanner. O Bot Scanner gera um relatório de resumo e um relatório separado para cada bot um que ele verificou. Ele cria um relatório separado para cada lógica disponível em MetaBotum .

É criada uma pasta de dados brutos que contém os relatórios (no formato XML) para cada bot varredura. Ele ajuda nossos engenheiros a analisar mais detalhadamente o processo de migração e a tomar ações corretivas, se necessário. Nenhuma informação de identificação pessoal (PII) está incluída no relatório resumido ou nos relatórios individuais do digitalizado bots.

Se você optar por compartilhar os relatórios conosco para ajudar a melhorar o produto, compacte os arquivos na pasta de dados brutos e coordene com seu CSM (Customer Success Manager) ou PEM (Partner Enablement Manager). Nenhum dado é compartilhado automaticamente Automation Anywherecom o .

O sistema cria quatro pastas dentro da pasta de dados brutos que contêm vários relatórios:
  • Bots migráveis: Contém relatórios do bots que podem ser migrados para Automation 360o .
  • Non_migratable_bots: Contém relatórios do bots que não podem ser migrados para Automation 360o .
  • Failed_to_Analyze: Contém relatórios bots do Bot Scanner que falharam na análise.
  • MetaBots: Contém relatórios MetaBots do que podem e não podem ser migrados Automation 360 para o e para os Bot Scanner que falharam na análise.

Relatório de resumo para todos bots

O relatório de resumo fornece informações sobre se você pode migrar Automation 360para o , o número total bots de varreduras e bots o suportado para migração Automation 360 (em porcentagem).

Por exemplo, considere Bot Scanner o que escaneou 10 bots. Do 10 bots, se 8 bots estiverem prontos para migração para Automation 360, então a porcentagem bots do que pode ser migrado é 80%.

Identifique se bots o CAN ou não pode ser migrado para o Automation 360 exibindo as informações em cada guia:

Bots que podem ser migrados agora

Visualize o número e a porcentagem bots dos quais podem ser migrados Automation 360 neste momento.

Você pode revisar bots o e os comandos associados:
  • Bots
    Lista o bots que pode ser migrado e as ações que você pode precisar executar após a migração. Você também pode identificar se uma revisão é necessária ou não para esses bots que podem ser migrados. Clique nas seguintes guias para encontrar os detalhes:
    Opção Ação
    Revisão necessária Lista bots o que pode ser migrado e deve ser revisado caso ele precise ser modificado devido a qualquer alteração Automation 360 no comportamento do produto em comparação com Enterprise 11 a Enterprise 10 versão ou.

    Baixe o arquivo CSV para revisar a lista bots off-line ou compartilhar a lista com outras pessoas, como seu departamento.

    Visualize as informações nas seguintes guias:
    • Bots
      • Exiba a lista bots que contém comandos que requerem uma revisão. Exibir informações como o nome do bot, sua localização e o número de pai bots que o estão usando bot como filho bot.
      • Clique em bot um nome para exibir os comandos bot que o contém, qualquer mensagem sobre a alteração no comportamento do comando e a frequência (o número de vezes que o comando é usado no bot). Faça download da lista de comandos como um arquivo XML para revisar o arquivo off-line.
    • Mensagens
      • Exibir as mensagens de revisão sobre a alteração no comportamento de um comando. Exibir informações como o número bots de que são afetadas pela alteração no comportamento do comando para o qual a mensagem é exibida e o número de vezes que o comando é usado nessas bots.
      • Clique em uma mensagem de revisão para exibir os associados bots que contêm os comandos, o local do botse os números de linha em que o comando é usado em cada bot.
    Nenhuma revisão necessária Lista o bots que não requer nenhuma ação e pode ser migrado Automation 360para o . Faça download da lista bots que pode ser migrada como um arquivo CSV para revisar o arquivo off-line ou compartilhar o arquivo com outras pessoas, como seu departamento. Clique em qualquer um bot nesta lista para exibir o relatório XML off-line.
  • Comandos

    Lista os comandos que podem ser migrados e o número de vezes que os comandos são usados em todas as suas varreduras bots. Faça download da lista de comandos que podem ser migrados como um arquivo CSV para revisar o arquivo off-line ou compartilhá-lo com outras pessoas, como seu departamento.

Bots isso não pode ser migrado agora

Visualize o número e a porcentagem bots do que não pode ser migrado Automation 360 neste momento.

Você pode revisar bots o e os comandos associados:
  • Bots
    • Lista o bots que não pode ser migrado Automation 360para o . Exibir informações como bot o nome, sua localização, a mensagem de erro ou informações sobre como exibir a mensagem de erro e a frequência bot com que ela é usada como filho bot.
      Nota: Não é possível migrar o pai bot se algum filho bot não puder ser migrado. Da mesma forma, um MetaBot não será migrado se nenhuma das lógicas disponíveis no não MetaBot puder ser migrada Automation 360para o .
    • Faça download da lista de não bots que não podem ser migrados como um arquivo CSV para compartilhamento com outras pessoas, como seu departamento.
    • Clique em qualquer um desses bots itens para exibir detalhes específicos ou mensagens de erro sobre bot migração, como os detalhes dos comandos que estão bloqueando a migração de um determinado e bot o número da linha em que o comando está localizado no bot. Faça download da lista de comandos como um arquivo XML para revisá-la off-line.
  • Comandos
    • Lista os comandos e variáveis de sistema que não podem ser migrados para Automation 360o . Exibir informações como o número de pai bots afetado devido a comandos ou variáveis não suportados usados na criança bots, a frequência com que o comando ou variável de sistema é usado em todas as suas varreduras botse a próxima versão em que o respetivo comando ou variável estará disponível para migração.
      Nota: Bots Não é possível migrar comandos com status N/A. No entanto, você pode modificar a origem bots e, em seguida, migrá-la: Relatórios de comando do leitor de bots com status N/A.
    • Faça download da lista de comandos que não podem ser migrados como um arquivo CSV para revisá-lo off-line ou compartilhá-lo com outras pessoas, como seu departamento.
    • Clique em qualquer uma das mensagens nesta lista para exibir as mensagens afetadas bots que usaram o comando ou variável impactado e o local da variável afetada correspondente bots. Clique em cada bot um nesta lista para exibir o relatório XML off-line.

O relatório é válido até que a próxima versão do Bot Scanner esteja disponível. Quando a próxima versão do Bot Scanner estiver disponível, uma mensagem de expiração de relatório será exibida. Você deve baixar a versão mais recente do Bot Scanner e digitalizar bots o novamente.

Verificações e ações necessárias após a migração

Alguns comandos no bots podem ser marcados como revisão necessária Bot Scanner no relatório. Para esses itens, você precisa executar determinada validação ou atualizar bots o depois que eles forem migrados.

As Bot Scanner seguintes mensagens requerem verificação ou algumas ações:

  • O caminho do bot filho é completamente variável e é resolvido no tempo de execução. O BOT falhará na execução se o caminho especificado na variável não for válido. Revise o bot de migração.

    Certifique-se de que a criança bot esteja disponível no local especificado no caminho de variáveis. Se o caminho no pai bot não estiver correto, atualize o caminho para apontar para o filho correto bot.

  • O valor retornado pela variável de sistema "Descrição do erro" pode ser versões legadas w.r.t. diferentes. Revise o bot migrado.

    A descrição de algumas das mensagens de erro no Automation 360 pode ser diferente Enterprise 11 de ou Enterprise 10 para o mesmo erro. Se um Enterprise 11 ou Enterprise 10 bot estiver configurado para tomar decisões com base na descrição das mensagens de erro, talvez seja necessário atualizar o migrado bot com base na nova descrição das mensagens de erro.

  • A migração do comando "Banco de dados - conectar" foi concluída, mas a configuração adicional é necessária para a "autenticação do Windows". Consulte a documentação do pacote do banco de dados para obter mais detalhes.

    Conclua as etapas especificadas para se conetar a Microsoft SQL Server um com autenticação do Windows.

    Conectar-se a um Microsoft SQL Server com autenticação do Windows

  • A migração de "IF" com condição variável foi concluída. No entanto, não foi possível determinar o formato de data da variável de usuário, portanto migrou com o formato de data padrão mm/dd/aaaa HH:mm:ss. Revise e altere o formato, se necessário.

    Atualize o formato de data no migrado bot para o mesmo formato usado no Enterprise 11 para esse bot.

  • Não foi possível determinar se uma variável usada como posição é o nome do índice ou da coluna. A posição do índice começa em 0 em vez de 1, portanto, tome as ações necessárias, se necessário.

    Se você usou as variáveis de sistema da coluna FileData[ USD variable] ou da coluna do Excel[ USD variable] Enterprise 11 no ou Enterprise 10 bot, presumimos que você usou o nome da coluna na variável USD. Nesses casos, o migrado bot contém a expressão da coluna FileData. Se a variável USD no Enterprise 11 ou Enterprise 10 bot contiver o número da coluna, você deverá atualizar a expressão no migrado bot para FileDataColumn[ var.String:toNumber() CAD].

  • O comando Executar lógica que usa variáveis de credencial como entrada para uma lógica de um MetaBot

    Bots Que usam o comando Executar lógica que passa Credential Vault atributos de a TaskBot para MetaBot uma lógica pode ser migrado Automation 360para o . O nome da credencial e o nome do atributo são exibidos nos campos na linha correspondente do migrado bot.

    Se você tiver migrado usando Enterprise 11 o banco de dados restaurado, um equivalente locker será criado no Automation 360 para as variáveis de credencial usadas no Enterprise 11 bot.

    Escolha uma das seguintes opçõeses para executar a migração bots bem-sucedida:
    • Opção 1: Passe as variáveis de tipo de credencial.
      1. Crie uma variável de tipo de credencial na criança bots como variáveis de entrada.
      2. No Executar action do Task Bot package pai bot, atualize os campos de valor de entrada para usar Credential Vault os atributos da variável de tipo de credencial criada para o filho bot (correspondente MetaBot à lógica).
    • Opção 2: Passar os valores de credencial como um valor global.
      1. Crie o valor Global no Automation 360 para as credenciais usadas no comando Run Logic no Enterprise 11.
      2. No Executar action do Task Bot package pai bot, atualize os campos valor de entrada para usar os valores globais para a variável de tipo de credencial criada para o filho bot (correspondente MetaBot à lógica).
    Se você não tiver usado Enterprise 11 o banco de dados restaurado ao instalar Automation 360o , deverá primeiro criar o armário necessário para as variáveis de credencial usadas no Enterprise 11 bot, antes de executar as etapas anteriores.
    Nota: Automation 360 fornece segurança aprimorada, permitindo que você atribua Credential Vault atributos somente às variáveis de tipo de credencial. Isso restringe qualquer tratamento não seguro de Credential Vault atributos nos quais eles possam ter sido atribuídos a variáveis de tipo não-credencial.

Relatório para um indivíduo bot

O relatório de cada bot um fornece informações sobre suas dependências, variáveis e comandos usados.

O bot relatório individual é semelhante ao seguinte código:

<1 id=1 text-equiv="
            <analysis version="1.3.0">
                <stat>
                    <dependencies ucount="0" count="0"/>
                    <errors ucount="6" count="12">
                        <error count="1">System variable $AAApplicationPath$</error>
                        <error count="1">Command [If FolderNotExist]
                        is not supported</error>
                        <error count="3">System variable $CurrentDirectory$</error>
                        <error count="3">System variable $Extension$</error>
                    </errors>
                </stat>
                <commands>
                    <command target-action="assign" name="VariableOperation" line="1"
                    grp="VariableOperation" api="VarOpe">
                        <msg type="error" review="true" category="variable">System
                        variable $AAApplicationPath$</msg>
                        <msg type="info" review="false" category="default">Command
                        parameter [Option] of type [String] is not required.</msg>
                    </command>
                    <command target-action="createFolder" name="createFolder" line="3"
                    grp="FilesFolders" api="CreateFolder"/>
                    <command target-action="copyFiles" name="CopyFiles" line="5"
                    grp="FilesFolders" api="CreateFolder"/>
                    <command target-action="connect" name="Connect" line="3"
                    grp="Database" api="Connect"/>
                    <command target-action="OpenCSVTXT" name="ReadFrom" line="9"
                    grp="CsvText" api="Csv"
                        <msg tpye="info" review="false" category="command">Line
                        in 11.x client, there is no separate option given for CSV
                        and TEXT in <ph keyref="a2019-product"/></msg>
                            <msg type="error" review="true" category="variable">System
                            variable $CurrentDirectory$</msg>
                            <msg type="error" review="true" category="variable">System
                            variable $Extension$</msg>
                            <msg type="error" review="true" category="variable">System
                            variable $FileName$</msg>
                        </command>
                    </commands>
                    <variables>
                        <variable name="$CSV-TXT-Default-DATA$"
                        type="TABLE" value-type=""/>
                    </varaibles>
                </analysis>
            "/>
A tabela a seguir descreve os vários atributos disponíveis no relatório XML mostrado na imagem anterior:
Atributo Descrição
STAT -- Fornece informações sobre o número de dependências, erros e avisos.
-- dependências Especifica o número de dependências para boto . A ucount indica o número de dependências exclusivas e a contagem indica o número total de dependências.
-- erro Especifica o número de erros para boto . A ucount indica o número de erros exclusivos e a contagem indica o número total de erros.
Comando -- Fornece informações sobre os vários comandos e ações usados no bot.
-- comando target-action Especifica a ação que está sendo executada para o comando.
-- nome Especifica o nome do comando.
-- linha Especifica o número da linha em que o comando está disponível no bot.
-- grp Especifica o grupo de comandos ao qual o comando pertence.
-- api Especifica o nome da API que o comando usa.
-- tipo de mensagem Fornece informações sobre o tipo de mensagem. O tipo de erro indica que o comando não pode ser migrado para Automation 360o e um tipo de informação indica que o comando pode ser migrado, mas alguns de seus atributos serão alterados durante a migração.
-- revisão Fornece informações sobre se o comando deve ser revisado.

Esse atributo é sempre verdadeiro para mensagens de tipo de erro, o que indica Automation 360 que a migração desse comando para ainda não é suportada. Para mensagens de tipo de informação, se o atributo for verdadeiro, você deve revisar o valor no atributo de categoria. Você pode decidir se deseja executar qualquer ação na migração bot com base no valor disponível no atributo de categoria.

-- categoria Fornece informações sobre o comando ou variável para o qual a mensagem é exibida.
Variáveis Fornece informações sobre as variáveis de sistema usadas pelo bot.
-- nome da variável Especifica o nome da variável.
-- digite Especifica o tipo de variável.
-- tipo de valor Especifica o tipo de valor fornecido para essa variável.
Send Feedback (Enviar Feedback)